Bridgestone paga multa de US$ 425 milhões nos EUA

Ao todo 28 empresas já se declararam culpadas em um processo que soma US$ 2,28 bilhões, no maior volume já registrado pelo sistema antitruste dos Estados Unidos.

US-Department-Of-JusticeA Bridgestone se declarou culpada e vai pagar uma multa de US$ 425 milhões por suposta participação na fixação de preços artificiais para borrachas anti-vibração usadas para equipar automóveis da Toyota, Nissan, Fuij, Suzuki e Isuzu entre 2001 e 2008.

Ao todo 26 empresas já se declararam culpadas em um processo que soma US$ 2,28 bilhões, no maior volume já registrado pelo sistema antitruste dos Estados Unidos.

A decisão foi anunciada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos nesta quinta-feira, após uma investigação que durou três anos.

Em 2011, a Bridgestone já havia sido condenada por ação semelhante e pagou uma multa de US$ 28 milhões, destaca o informe do governo norte-americano.

As informações foram divulgadas pelo site Automotive News que divulgou o acórdão da decisão, que pode ser visto no link que se segue: Department of Justice

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: