ContiTech compra Veyance por € 1,4 bilhão

A ContiTech, divisão de reforma de pneus e borracha do Grupo Continental, deu um passo significativo para a expansão de seus negócios ao redor do mundo ao anunciar a aquisição da Veyance Technologies Inc.

image_2_uv_dl (333x500)A ContiTech, divisão de reforma de pneus e borracha do Grupo Continental, deu um passo significativo para a expansão de seus negócios ao redor do mundo ao anunciar a aquisição da Veyance Technologies Inc, empresa que tem sede na cidade norte-americana de Fairlawn (Ohio). O valor do negócio: € 1,4 bilhão.

A Veyance Technologies é uma empresa especializada em produtos de engenharia para aplicação em correias transportadoras, mangueiras hidráulicas, de ar, água, vapor, petróleo, combustível e produtos químicos, além de correias de transmissão de potência automotivas,  industriais, agrícolas e molas pneumáticas para suspensão de veículos.

Até 2007, pertencia à Goodyear Tires & Rubber Company e foi adquirida pelo The Carlyle Group. Sua estrutura contempla 27 fábricas ao redor do mundo, 9.000 colaboradores ativos e receitas de € 1,5 bilhão, dos quais 90% em vendas associadas ao setor automotivo. No Brasil, a empresa conta com filial em Belo Horizonte (MG), desde 1991 e tem entre seus principais clientes empresas como a Vale, ArcelorMittal, Gerdau, Usiminas, Votorantim e Anglo American, entre outras.

image_1_uv_dl (6) (500x442)Segundo o presidente e CEO da Continental AG, Elmar Degenhart, a aquisição complementa a pegada global reinante no Grupo Continental de expandir os negócios com borracha e plásticos industriais da ContiTech.

Um dos objetivos citados pelo executivo é alcançar uma proporção de 60% das vendas da divisão fora do segmento automotivo. Hoje, cerca de 50% das vendas da Veyance Technologies são feitas nos Estados Unidos.

América Latina, África, China e demais países da Ásia estão no foco de atuação do grupo para produtos como correias transportadoras, mangueiras, correias de transmissão de energia e fontes de ar. A sinergia entre as duas empresas deve agregar € 5,4 bilhões em vendas para a ContiTech e elevar o quadro funcional para 39 mil colaboradores.

O negócio ainda depende da aprovação de autoridades antitruste nos Estados Unidos.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: