Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Cresce a busca por prestadores terceirizados de serviços de logística

Para 91% das 1.300 transportadoras e prestadores de serviços de logística da América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina, o trabalho realizado pelos prestadores terceirizados de serviços de logística é imprescindível.

1009922_532059283497334_865402078_nPara 91% das 1.300 transportadoras e prestadores de serviços de logística da América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina, o trabalho realizado pelos prestadores terceirizados de serviços de logística é imprescindível.

Esse é um dos resultados apurados pelo 18º Estudo dos Serviços Terceirizados de Logística realizado pela Capgemini, em parceria com a Universidade da Pensilvânia, a empresa de recrutamento executivo Korn/Ferry e a fornecedora de serviços de logística e gestão da cadeia de suprimentos Penske Logistics.

Na percepção dos entrevistados, o mercado está cada vez mais global e as transportadoras estão mantendo cada vez mais o foco na globalização, na concorrência e nas condições econômicas instáveis, fazendo com que muitas reavaliem estratégias voltadas à cadeia de suprimento para atender a demanda.

O estudo revela também uma ênfase crescente na gestão e operações no mundo inteiro, sendo que o comércio entre as regiões está superando o comércio interno. Diante desse cenário, as transportadoras estão reavaliando decisões de abastecimento e distribuição, para aproveitar as oportunidades de expansão e abrir as portas para os prestadores de serviços de logística, globalmente, que oferecem às transportadoras novos caminhos para o crescimento e relacionamentos de abastecimento e/ou distribuição no exterior.

“As transportadoras adotam uma abordagem tática em vez de estratégica para com a gestão do comércio global, confiando em departamentos tradicionais, como o de logística (23%), conformidade (13%) e compras (12%) para liderar a mudança”, destaca o estudo.

"Com a expansão do comércio global, é importante que as transportadoras pensem de forma colaborativa e criem relacionamentos duradouros com prestadores de serviços de logística terceirizados, estabelecendo um padrão de práticas operacionais eficientes e econômicas, ao mesmo tempo em que abrem as portas para o sucesso em escala mundial", aponta em nota o vice-presidente e líder da divisão de cadeia de suprimentos da Capgemini Consulting América do Norte Dan Albright. 

No Brasil, com os custos de logística reversa muito altos, quando as mercadorias entram no país, é quase impossível leva-las de volta aos locais de origem. Como redistribuir não é uma opção, uma das únicas alternativas é liquidar os estoques, e isso deve ser considerado no planejamento estratégico das empresas.

O estudo mostra que os serviços de logística terceirizados tiveram um aumento de 23,6% na Ásia, 12,4% na América Latina e 6,7% na América do Norte em 2012. Destaca também que as transportadoras então contratando prestadores terceirizados de forma mais centralizada, e 48% das transportadoras e 61% dos prestadores dizem que funções centralizadas desempenham um papel muito mais importante no processo de seleção do que três anos atrás.

“As transportadoras estão buscando estratégias para controlar os custos e conquistar bons relacionamentos com os provedores terceirizados de logística, equilibrando a centralização e a descentralização. Aquelas que conseguem equilibrar o custo e a qualidade e conquistar relacionamentos estratégicos, que prezem a colaboração com os provedores de logística, obtêm as maiores vantagens”, diz o estudo.

Para mais informações e para ler o estudo completo, acesse:

18º Estudo dos Serviços Terceirizados de Logística (em inglês)

 

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: