Em maio, só as ações da Toyo e Hankook exibem altas

Com exceção das ações da Toyo e Hankook, todos os demais ativos de empresas produtoras de pneus negociados em bolsas de valores apresentam desempenhos negativos entre 30 de abril e 25 de maio.

Com exceção das ações da Toyo e Hankook, todos os demais ativos de empresas produtoras de pneus negociados em bolsas de valores apresentam desempenhos negativos entre 30 de abril e 25 de maio. 

As ações da Toyo apresentam alta de 6,9% no mês ante 3,9% das da Hankook. 

Nos mercados da Europa, os ativos da Nokian apresentam perdas de 13,3%, seguidos pelos ativos da Michelin (-13,0%); Pirelli (-11,3%) e Continental (-6,8%).

No mercado norte-americano, as ações da Goodyear exibem baixa de 8,7%, ante 1,5% dos ativos da Cooper. 

Na Ásia, só Toyo e Hankook em alta. As ações da Sumitomo exibem perdas de 13,2%, sendo recuo de 10,1% sobre as ações da Yokohama e de 10% das ações da Bridgestone. Os ativos da Kumho apresentam perdas de 1,8%. 

No ano 

Apesar do desempenho ruim que os ativos das empresas produtoras de pneus vêm registrando neste mês – impacto direto da crise que afeta a Zona do Euro -, no ano somente as da Goodyear e as da Bridgestone estão no vermelho, em baixas de 25,3% e 2,3%, respectivamente. 

Continental exibe valorização de 38,9%, Toyo 32%, Kumho 27,9%, Nokian 25%, Pirelli 23,4%, Yokohama 23,1%, Cooper 8,6%, Hankook 6,5%, Michelin 6,4%, Sumitomo 4,3%.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: