Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Expansão de SUVs chama atenção da Bridgestone e Firestone

Para atender a esse potencial de mercado, a Bridgestone conta com duas linhas de produtos, uma da marca Bridgestone e outra da marca Firestone.

Firestone_Destination (700x700)De olho em um dos segmentos que mais cresce no mercado brasileiro de pneus, a Bridgestone está reforçando sua linha de produtos para picapes e SUVs. Dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores mostram que as vendas de pick-ups pequenas apresentaram expansão de 20,6% em relação a 2012, chegando a 64% de crescimento no segmento de picapes médias e grandes.

Para atender a esse potencial de mercado, a Bridgestone conta com duas linhas de produtos, uma da marca Bridgestone e outra da marca Firestone. No caso dos da Bridgestone os consumidores encontram os modelos Dueler A/T 693, Dueler H/T 470/684/687/689/840 e Dueler H/P Sport. Já na linha Firestone estão os modelos Destination A/T, Destination LE e ATX Radial 23°.

Uso correto

A Bridgestone/ Firestone não se preocupa em apenas disponibilizar produtos de qualidade e de alta performance ao mercado, mas com o uso correto dos pneus.

Segundo o gerente geral de engenharia de vendas da Bridgestone, José Carlos Quadrelli, a manutenção desse tipo de pneu é um item importante na medida em que são projetados para dirigir em pistas urbanas e fora de estrada e por isso requer cuidados especiais.

dicas2“As partes do carro foram projetadas para interagirem de forma equilibrada. A utilização de pneus e rodas diferentes altera este equilíbrio”, diz ele ao destacar a importância da calibragem dos pneus bem como do alinhamento e balanceamento corretos.

“A calibragem correta permite aumentar a vida útil do pneu e auxilia, inclusive, na redução de consumo de gasolina”, lembra o executivo que chama a atenção para um item importante: “o proprietário de pick-ups não pode esquecer-se de calibrar o pneu estepe. Estes, como na maioria das pick-ups SUV ficam no exterior do veículo, precisam  ser protegidos com uma capa e calibrado com três ou quatro libras a mais do que o pneu em uso”, diz.

Outra dica dada por Quadrelli diz respeito ao alinhamento da suspensão e o balanceamento dos pneus. Segundo ele isso deve ser feito sempre que o veículo sofrer impactos fortes – principalmente quando o automóvel trafegar em terrenos irregulares – ou na troca de pneus ou na substituição de componentes da suspensão.

“Quando o veículo estiver "puxando" para um lado”, também é outro indício destaca o  gerente geral de engenharia de vendas da Bridgestone ao apontar que – independente das situações citadas acima – o ideal é realizar esses ajustes a cada dez mil quilômetros.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: