Fiat anuncia fábrica em Pernambuco

A Fiat anunciou está construindo uma nova fábrica em Goiana, no Estado de Pernambuco ao custo de R$ 6,03 bilhões em investimentos, dos quais 85% feitos através de financiamento público.

A Fiat anunciou está construindo uma nova fábrica em Goiana, no Estado de Pernambuco ao custo de R$ 6,03 bilhões em investimentos, dos quais 85% feitos através de financiamento público.A notícia não é nova, porém foi dada com mais ênfase na semana passada, momento da visita do ministro do Desenvolvimento, da Infraestrutura e dos Transportes da Itália, Corrado Passera, ao Brasil.

A nova planta da marca italiana terá capacidade para produzir cerca de 250 mil unidades por ano e será a primeira a receber uma pista de testes e um campo de provas fora da Itália.

A previsão de término das obras é em março de 2014 e a partir do início de seu funcionamento a população da região será beneficiada com a geração de 4,5 mil novos empregos.

A Fiat contará com 16 empresas no primeiro nível de sistemistas para fornecimento de autopeças, essas por sua vez serão instaladas dentro do terreno da fábrica.

Há também um projeto para implantar um segundo parque de sistemistas no município de Igarassu, na região metropolitana do Recife. No local seriam implantados cerca 40 fornecedores em uma área de 110 hectares.

A Takata, empresa que fornece sistemas de segurança para as principais montadoras do país como: Ford, General Motors, Honda, Toyota e Volkswagen, já anunciou que planeja construir sua quarta fábrica no Brasil e a primeira no nordeste – seguindo os passos da Fiat.

Especula-se que outras empresas podem estar planejando a implantação de fábricas estratégicas para suprir as demandas da Fiat em Pernambuco, entre elas: a Pirelli; a Fiat Powertrain com uma unidade para a fabricação de motores; a Magneti Marelli, fabricante de componentes eletrônicos do grupo; a Sada Logística; entre outras.

Outra especulação é que o Viaggio, modelo da Fiat que foi apresentado no Salão de Pequim recentemente, e que será mostrado ao público brasileiro em outubro, no Salão do Automóvel de São Paulo, teria grandes possibilidades de ser produzido na fábrica de Goiânia. 

Destaques

%d blogueiros gostam disto: