Goodyear apura vendas totais de US$ 19,5 bilhões em 2013

Os números mais representativos alcançados pela empresa podem ser expressos pelo aumento de 27% em seu lucro operacional, de US$ 1,580 bilhão, e lucro líquido de US$ 600 milhões.

Wingfoot (500x432)A Goodyear encerrou o exercício fiscal de 2013 com vendas líquidas de US$ 19,540 bilhões, um resultado que ficou 6,91% abaixo do registrado no ano anterior, de US$ 20,992 bilhões.

Geograficamente, a composição dessas vendas se deu da seguinte forma:

Foram US$ 8,684 bilhões em receitas geradas nas operações sobre a América do Norte, um resultado que ficou 10,2% abaixo das vendas apuradas em 2012, de US$ 9,666 bilhões. Outros U$$ 6,567 bilhões vieram de receitas geradas pelas operações na Europa, África e Oriente Médio, um resultado que ficou 4,6% abaixo das vendas de US$ 6,884 bilhões em 2012.

Os mercados da Ásia-Pacífico geraram receitas de vendas de 5,6% menores que em 2012, da ordem de US$ 2,226 bilhões, sendo recuo de 1,1% nas vendas geradas sobre os mercados da América Latina, de US$ 2,063 bilhões.

Perdas de US$ 354 milhões com a variação da cesta de moedas, de US$ 166 milhões em menores volumes de vendas de pneus e de US$ 206 milhões gerados por um mix de preços e produtos abaixo do esperado figuram entre os fatores destacados pelo presidente e CEO da Goodyear, Richard J. Kramer, para explicar os números.

O executivo chama a atenção para o lucro recorde obtido nas operações da América do Norte. “Atingimos números recordes de lucratividade nas operações da América do Norte em todos os trimestres do ano passado”, disse Kramer a um conjunto de analistas, investidores e jornalistas durante exposição dos números em teleconferência.

Outro aspecto relevante é que a Goodyear está equalizando o saldo de caixa do fundo de pensão de seus trabalhadores na América do Norte, uma operação que envolve a soma de US$ 1,15 bilhão. “Esse é um marco importante em nossa história e vai proporcionar maior transparência ao nosso negócio, melhorando o fluxo de caixa e o lucro futuro da companhia”, aponta Kramer. Segundo ele, o legado dessa experiência representa “um novo começo para a Goodyear”.

Os números mais representativos alcançados pela empresa no ano passado podem ser expressos pelo aumento de 27% em seu lucro operacional, da ordem de US$ 1,580 bilhão e um lucro líquido de US$ 600 milhões, três vezes maior que os US$ 183 milhões apurados em 2012. A empresa pagará na forma de distribuição de lucros a soma de US$ 2,28 por ação aos acionistas ordinários, um montante muito superior aos US$ 0,74 pagos em 2012.

O fluxo de caixa livre bateu na casa de US$ 1 bilhão, para um capital de giro em 31 de dezembro de 2013 da ordem de US$ 415 milhões.

Para mais informações, acesse:  Consolidated Statements of Operations

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: