Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Há 100 anos, Henry Ford revolucionava indústria

A Ford comemora a data desenvolvendo novas tecnologias e prevê que 90% de suas fábricas no mundo irão operar em altas escalas de trabalho aumentando em mais de 30% o tempo de produção.

1913-Highland-Park-Moving-Assembly-Line (300x228)A Ford está comemorando 100 anos da linha de montagem de automóveis em série, uma criação de Henry Ford que marca a era moderna da produção em massa de veículos.

"Há 100 anos, meu bisavô teve a visão de produzir um transporte seguro e eficiente para todos", afirma o presidente do Conselho da Ford, diz Bill Ford – em nota distribuída pela empresa. "Sinto orgulho de que ele tenha sido capaz de trazer a liberdade da mobilidade a milhões de pessoas, tornando os carros acessíveis para as famílias. A sua visão de servir as pessoas continua a nos orientar em tudo o que fazemos hoje."

Há 100 anos, Henry Ford e seu time na fábrica de Highland Park lançaram a primeira linha de montagem móvel. Ela simplificou a montagem dos 3.000 componentes do Ford Modelo T, distribuindo-a em 84 etapas executadas por grupos de trabalhadores, enquanto uma correia puxava o chassi dos veículos ao longo da linha.

1923-Ford-Highland-Park-Plant-body-drop (300x235)O novo processo revolucionou a produção e diminuiu o tempo de montagem de cada veículo de 12 horas para cerca de 90 minutos. Reduzindo o custo, o tempo e a mão de obra necessários para construir os carros, com o aprimoramento da linha de montagem através dos anos, Ford conseguiu baratear o preço do Modelo T de 850 dólares para menos de 300 dólares.

Pela primeira vez na história, veículos de qualidade eram acessíveis para as massas. Em 1927, Ford produzia um Modelo T a cada 24 segundos e vendeu mais de 15 milhões em todo o mundo – metade de todos os automóveis somados na época.

Em 1914, a Ford instituiu o dia de trabalho de 5 dólares, um salário significativo para a época, que permitia aos empregados comprar os veículos que produziam. Essa mudança gerou lealdade entre os empregados da Ford e abriu caminho para o crescimento de uma nova classe média de consumidores, livres para viajar nas estradas e buscar o sonho americano.

1940-Ford-on-assembly-line (300x235)Henry Ford expandiu rapidamente o seu conceito de linhas de produção para várias partes do mundo, incluindo o Brasil. Em 1919, autorizou o início da produção do Modelo T e, em 1921, construiu a primeira linha de montagem brasileira em série na Rua Solon, no bairro do Bom Retiro, em São Paulo.

O futuro

A Ford comemora a data desenvolvendo novas tecnologias e prevê que 90% de suas fábricas no mundo irão operar em altas escalas de trabalho aumentando em mais de 30% o tempo de produção.

Até 2015, a Ford vai inaugurar 14 fábricas, incluindo a Fábrica de Motores de Camaçari, na Bahia, em 2014, e outras na China, Rússia, Índia, Tailândia e Romênia.

Até 2017, praticamente todos os veículos Ford serão produzidos com nove plataformas, aumentando a eficiência da manufatura e entregando aos consumidores globais todos os equipamentos, tecnologia e economia de combustível que eles desejam.

Hoje, a Ford utiliza 15 plataformas de veículos e tem a linha mais atualizada da indústria.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: