Hankook apura vendas recordes em 2013, de US$ 6,4 bilhões

A Hankook, maior empresa produtora de pneus da Coreia do Sul, abriu a safra de balanços do setor de pneus com vendas recordes de US$ 6.447,3 bilhões em 2013.

HankookTire-Daejon_Factory_Korea2 (640x425)A Hankook, maior empresa produtora de pneus da Coreia do Sul, abriu a safra de balanços do setor de pneus com vendas recordes de US$ 6.447,3 bilhões em 2013, resultado 3,2% superior aos US$ 6.247,4 bilhões apurados no exercício fiscal de 2012.

O lucro operacional deu salto de 15,5%, saindo de US$ 815,3 milhões para US$ 941,5 milhões.

A comercialização de pneus de UHP – de altíssimo desempenho – foi um dos pontos fortes da empresa sul-coreana: as vendas cresceram 26,5% no ano passado, com desempenhos positivos observados sobre os mercados da China, onde as vendas saltaram 13,6%, e Europa: +12,9%.

O fornecimento de pneus como equipamentos originais (OE), diretamente às fábricas montadoras de veículos, também respondeu por parte do bom desempenho. A Hankook ampliou seu portfólio de fornecimento de pneus OE para a Mercedes-Benz, bem como para modelos da Audi, Volkswagen e Grupo BMW.

Em nota ao mercado, a Hankook destaca a expansão  (da produção) e abertura de plantas fabris localizadas na Indonésia e China (Chongqing), bem como planos de instalação de fábrica e de produtos de alta performance nos Estados Unidos. Vale destaque ainda para a expansão do novo centro de pesquisas e desenvolvimento da empresa na Coreia do Sul.

Especificamente na Europa, junto a unidade da Hungria, trabalham hoje 2.000 funcionários que produzem cerca de 12 milhões de pneus por ano para aplicações em veículos de passeio, utilitários e comerciais leves. Após a conclusão do projeto de expansão dessa unidade, prevista para 2014/2015, a capacidade instalada chegará a 17 milhões de pneus/ ano.

A Hankook está presente em 180 países, contabiliza uma força de mão de obra superior a 20 mil trabalhadores e tem na região da Europa – Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Espanha, Holanda, Hungria, Rússia, Turquia, Suécia e Polônia -, cerca de 30% de suas vendas globais.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: