Harley-Davidson Fat Boy

Harley-Davidson detém 17,6% do mercado acima de 600 cilindradas

Produção cresceu 12,2% em 2017. Linha foi totalmente renovada no Brasil.

Apesar do ano desafiador, a Harley-Davidson do Brasil ampliou sua participação de mercado entre as motos de 600 cilindradas em 2017, elevando essa participação de 13,7% em 2016 para 17,6% no ano passado.

Especificamente em dezembro, a marca registrou o primeiro lugar em participação, com 21%.

Segundo informe da empresa, o Brasil é referência de mercado com grande potencial em todo o continente latino-americano e continua apostando no país em longo prazo.

Um sinal dessa aposta é que a Harley-Davidson ampliou sua produção em 12,2% no ano passado, período em que produziu 5.295 unidades ante 4.719 em 2016. Tal aumento está associado ao lançamento da linha 2018 que passou a contar com uma família de motocicletas totalmente renovada.

Para os próximos 10 anos, a Harley-Davidson Motor Company vai lançar 100 modelos em todo o mundo, uma estratégia agressiva a longo prazo, como parte das ações ligadas também à nova estratégia de comunicação global da companhia, “All For Freedom, Freedom For All”, que é a expressão de como a H-D vê o futuro, com intuito de construir as próximas gerações de pilotos da marca.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: