Holcim investe R$ 1,4 bi na expansão de sua fábrica em MG

O setor de mineração ganhou um megaempreendimento em Minas Gerais, na cidade de Barroso, através de investimentos totais de R$ 1,4 bilhão feitos pela sexta maior empresa de cimentos do país, a Holcim Brasil.

O setor de mineração ganhou nesta sexta-feira um megaempreendimento em Minas Gerais, mais especificamente na cidade de Barroso, distante 208 quilômetros de Belo Horizonte, através de investimentos totais de R$ 1,4 bilhão feitos pela sexta maior empresa de cimentos do país, a Holcim Brasil.

Trata-se de um projeto de expansão da planta que industrial que existe no local desde 1955 e que foi adquirida pela Holcim em 1996.

A empresa vai simplesmente triplicar a atual capacidade de produção de cimento de 1,2 milhão de toneladas anuais para 3,6 milhões de toneladas anuais.

O projeto de expansão prevê a aquisição de equipamentos de última geração, entre eles a construção de um novo forno de clínquer (mistura básica aquecida de calcário e argila que dá origem ao cimento) que aumentará a capacidade de atuais duas mil toneladas/dia para 6,5 mil toneladas/dia. 

Segundo a empresa, para chegar a essa capacidade também será montada uma nova moagem que abrigará o maior moinho vertical de cimento do mundo, com capacidade de 450 toneladas/hora. 

Além disso, controles ambientais de última geração serão instalados para garantir a manutenção dos baixos índices de emissões da unidade que, atualmente, já são mais baixos que o exigido pela legislação brasileira.

A Holcim informa que a nova linha de produção será abastecida pelas minas de calcário de Mata do Ribeirão, – distante 7,3 km da planta – e Capoeira Grande, a 1 km da fábrica. 

A licença ambiental para a obra foi concedida em abril deste ano e desde então estão sendo realizadas ações como a limpeza da área e preparo do terreno. 

A construtora Mendes Júnior será a responsável pela execução do projeto da construção civil, montagem mecânica e elétrica.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: