JK Tyre fecha 1T2012 no vermelho

Custos maiores, juros crescentes e volatilidade cambial afetaram os números de desempenho da JK Tyre and Industries Ltd, uma das líderes do mercado de pneus da Índia.

Custos maiores, juros crescentes e volatilidade cambial afetaram os números de desempenho da JK Tyre and Industries Ltd, uma das líderes do mercado de pneus da Índia. 

Em informe de mercado reportado ontem, 15 de maio, a empresa apresentou prejuízo de US$ 6,7 milhões no período fiscal terminado em 31 de março deste ano, em que pese o fato de suas vendas terem crescido 16,2%, para US$ 1,44 bilhão. Aqui, certamente o mix de produtos, preços e serviços não deu resultados. 

Assim como o informe de resultados apresentado pela CEAT, quarta maior empresa produtora de pneus da Índia, a JK aposta suas fichas no crescimento da produção interna de veículos, estimada pelas montadoras locais em 10% neste ano. 

A JK aponta que os números financeiros devem melhorar a partir da atenuação dos custos de matérias-primas e do aumento da eficiência produtiva em suas fábricas. A JK tem cinco plantas industriais na Índia, sendo três delas em Mysore (Karnataka), uma em Banmore (Madhya Pradesh) e uma em Kankroli (Rajasthan). 

Uma quarta planta industrial foi construída em Chennai, ao custo de US$ 325 milhões, com as linhas de produção direcionadas para a produção de pneus radiais para caminhões e ônibus. A unidade, operacional desde o final de 2011, foi desenhada para uma capacidade total de 2,5 milhões de pneus anuais, sendo nesta primeira fase, a produção de 400 mil unidades ano.

Mais sobre a JK Pneus 

A JK Pneus foi a empresa pioneira na fabricação de pneus radiais na Índia, mercado que responde por 81% de suas operações. 

É a empresa líder de mercado nesse segmento e na introdução de produtos inovadores, tais como os pneus verdes, radiais para veículos de passageiros e pneus de alta performance. 

Conta com 4 mil revendedores na Índia, 115 pontos de estocagem locais, e tem presença em 77 países de seis continentes. 

Fora da Índia, conta com três plantas fabris no México, mercado responsável por 19% dos negócios da empresa indiana.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: