Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Crédito para aquisição de carros cai 29,9%

As liberações de crédito para aquisição de veículos financiados somaram R$ 6,4 bilhões em setembro, um recuo expressivo de 32,8% em relação às liberações de financiamentos em agosto.

Balanço da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef), mostra que em setembro de 2012 o saldo de crédito para aquisição de veículos por pessoas físicas atingiu a soma de R$ 4,3 trilhões, o equivalente a 4,7% do Produto Interno Bruto brasileiro, montante 0,2 pontos percentuais inferior à mesma base de comparação de 2011. 
 
Segundo o presidente da Anef, Décio Carbonari, as liberações de crédito para aquisição de veículos financiados somaram R$ 6,4 bilhões em setembro, um recuo expressivo de 32,8% em relação às liberações de financiamentos em agosto e 29,9% menos que os valores negociados em setembro do ano passado. 
 
Dentre as características dos empréstimos contraídos para aquisição de veículos, 51% se fazem através do CDC (Crédito Direto ao Consumidor), seguido por 39% das compras pagas à vista, 8% através de consórcios e 2% via leasing. 
 
Para a compra de caminhões e ônibus, a grande ferramenta de crédito ainda é o Finame que hoje representa 73% das aquisições que usam o sistema financeiro para a compra do bem. 
 
Para a compra financiada de motocicletas, a Anef aponta que em 51% dos casos é usado o CDC, sendo 35% através de consórcio e 23% em compras à vista. 
 
Décio Carbonari destaca que hoje o saldo total de recursos vinculados à compra de veículos financiados corresponde a R$ 203,5 bilhões, sendo que a meta da entidade é fechar 2012 com saldo total de R$ 206,2 bilhões, dos quais R$ 192,7 bilhões em CDC e R$ 13,5 bilhões via leasing.
Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: