Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Mercedes Benz vai investir R$ 1 bilhão no Brasil entre 2014/15

O anúncio foi feito no último domingo, 27, pelo presidente mundial da Daimler divisão de caminhões, Stefan Buchner, durante apresentação oficial na Fenatran – 19º Salão Internacional do Transporte, que ocorre em São Paulo até a próxima sexta-feira, 01 de novembro.

ACTROS2655(6) (300x199)A Mercedes Benz do Brasil vai investir a soma de R$ 1 bilhão entre 2014 e 2015 em suas fábricas localizadas em São Bernardo do Campo (no ABC Paulista) e em Juiz de Fora (MG). Os recursos serão destinados à pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, nacionalização da linha de caminhões extrapesados Actros, otimização de processos e modernização de áreas de produção.

Vale destacar que a empresa já tem um programa de investimentos para o período de 2010 a 2015 da ordem de R$ 2,5 bilhões, recursos boa parte já aplicados na nova fábrica de caminhões da empresa em Juiz de Fora (MG) e no aumento da capacidade produtiva em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

O anúncio foi feito no último domingo, 27, pelo presidente mundial da Daimler divisão de caminhões, Stefan Buchner, durante apresentação oficial na Fenatran – 19º Salão Internacional do Transporte, que ocorre em São Paulo até a próxima sexta-feira, 01 de novembro.

Segundo o presidente mundial da Daimler, o Brasil figura no momento como um dos maiores mercados do mundo para a empresa.

O executivo pautou essa premissa em números. Enquanto na Europa as vendas de janeiro a agosto deste ano apresentam recuo de 5% ante a mesma base de comparação de 2012 (para 220 mil unidades comercializadas), o Brasil, isoladamente, responde com expansão de vendas de dois dígitos: 12% para 99 mil unidades vendidas em igual período.

“O Brasil é um ponto de luz no contexto dos mercados globais”, disse ele ao referendar estimativas pouco otimistas para o ano de 2013 em relação aos mercados de atuação global da companhia.

“A região do Nafta projeta recuo de 5% nas vendas este ano, ante um Japão cujo mercado tende a estabilidade, com baixa demanda. Na Europa, as mudanças do portfólio de produtos devido à entrada da tecnologia Euro 6 devem melhorar um pouco o quadro geral, mas as vendas projetadas apontam para um recuo de 5% na média”, descreveu.

Em relação à América Latina, no entanto, Stefan Buchner, aposta em continuidade do processo de recuperação de vendas, para um mercado que pode encerrar o ano com expansão média de 10%.

Baseado em mais números, Buchner revelou que a empresa ampliou suas vendas entre 2000 e 2011 em exatos 81% e de cada quatro caminhões produzidos no País, um tem a marca de três pontas.

“Temos o maior e mais forte portfólio dos últimos 10 anos. Nossa meta é ampliar o posicionamento da marca e para isso estamos fortalecendo investimentos em ativos, em portfólio, em produtos e serviços, sendo um provedor de soluções completas aos clientes”, afirmou.

Segundo Stefan Buchner, outros três pilares de sustentação dessa estratégia passam pela expansão regional, envolvendo distribuição e abastecimento, a excelência empresarial e o foco na cultura de desempenho positivo – que se reflete não apenas em bons serviços e produtos premium, mas na geração de valor aos acionistas.

“Estamos otimistas e o caminho da Mercedes Benz é o de alavancar ainda mais os resultados conquistados”, disse.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: