Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Mesmo com forte lucro, Yokohama aumenta preço de pneus (no Canadá)

A Yokohama abriu a nova safra de aumentos de pneus. Informe da empresa feito nesta terça-feira, 29 de maio, aponta altas de preços em seus produtos comercializados no mercado canadense.

A Yokohama abriu a nova safra de aumentos de pneus. Informe da empresa feito nesta terça-feira, 29 de maio, aponta altas de preços em seus produtos comercializados no mercado canadense. 

Os aumentos vão de 2,5% a 3,0% na linha de pneus de passeio, mas serão de 5% a 6% no segmento de pneus comerciais. 

Em informe às suas concessionárias locais, a empresa japonesa destaca que vai continuar ajustando os preços de seus produtos a fim de torná-los competitivos em relação ao mercado e ressalta três fatores fundamentais para a aplicação dos reajustes: o custo de matérias-primas, o custo crescente de transportes (fretes) e a variação da moeda canadense em relação à cesta de moedas globais. 

No dia 11 de maio, a empresa anunciou um lucro líquido espetacular – alta de 389,7% – relativo ao primeiro trimestre fiscal, de 8,8 bilhões de ienes (US$ 110,1 milhões), sendo expansão de 403,3% em seu lucro operacional, de 9,3 bilhões de ienes (US$ 116,4 milhões). 

As vendas líquidas apuradas no período de janeiro a março somaram 135,3 bilhões de ienes, o equivalente a US$ 1,692 bilhão, refletindo aumento de 7,4% na mesma base comparativa com o período fiscal anterior. 

Só no mercado japonês, as vendas cresceram 20 vezes, para 7,9 bilhões de ienes (US$ 98,8 milhões) no período. 

Tomando por base o excelente desempenho obtido no primeiro trimestre fiscal de 2012, a Yokohama Rubber reviu suas metas para o ano. 

As vendas líquidas estimadas para o exercício fiscal passaram de 268 bilhões de ienes (US$ 3,353 bilhões) para 278 bilhões de ienes (US$ 3,478 bilhões). 

O lucro operacional foi reavaliado de 12,8 bilhões de ienes (US$ 160,2 milhões) para 18 bilhões de ienes (US$ 225,2 milhões).

O lucro líquido saltou de 9 bilhões de ienes (US$ 112,6 milhões) para 14 bilhões de ienes (US$ 175,2 milhões). 

Para todo o ano fiscal as vendas líquidas projetadas apontam para 575 bilhões de ienes (US$ 7,2 bilhões); o lucro operacional para 40 bilhões de ienes (US$ 500,5 milhões) e lucro líquido de 25 bilhões de ienes (US$ 312,8 milhões).

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: