Nokian prevê 2º semestre mais fraco e assusta mercado de pneus

O lucro operacional para o segundo semestre de 2012 será mais fraco que no mesmo período do ano passado e de anos anteriores, embora em 2012 as vendas liquidas e o lucro operacional serão melhores comparativamente aos resultados obtidos em 2011.

 O lucro operacional para o segundo semestre de 2012 será mais fraco que no mesmo período do ano passado e de anos anteriores, embora em 2012 as vendas liquidas e o lucro operacional serão melhores comparativamente aos resultados obtidos em 2011.

Assim, de forma simples, objetiva e dura, a Nokian Tyres reportou ao mercado uma prévia do que será o resultado de balanço que será divulgado no próximo dia 30 de outubro pelos principais executivos da empresa, na Finlândia.

Tradicional empresa produtora de pneus para os mercados nórdicos, a mensagem da Nokian serviu para dar o tom do que serão os futuros resultados de desempenho que as empresas de capital aberto do setor de pneus divulgarão a partir do final deste mês.

Preços mais baixos, demanda em queda e mercados enfraquecidos, notadamente na Europa, são alguns apontamentos relatados pelo departamento de relações com o mercado da Nokian nesta terça-feira,16, mas que bateram forte nas bolsas de valores europeias, provocando pesadas perdas para as principais ações do segmento de pneus listadas nesses mercados.

Só para exemplificar, as ações da Michelin caíram 3,57%, ante 3,00% das ações da Pirelli. Os ativos da Nokian, negociados na Bolsa de Helsinki, chegaram a ceder 12,5% em seu pior momento, fechando o dia em queda de 11,85%.

O informe da Nokian destaca que a empresa deve ter bons resultados no mercado russo e estima vendas de 365 milhões de euros (US$ 472,6 milhões) neste terceiro trimestre, com lucro operacional na casa dos 85 milhões de euros (US$ 110,1 milhões).

Destaques

%d blogueiros gostam disto: