Navio carregado de soja no Porto de Paranaguá. Junto com Antonina, portos locais embarcaram 19,5 milhões de toneladas do grão. Foto de Ivan Bueno

Portos do Paraná exportaram 19,5 milhões de toneladas de soja no 1º semestre

Foram 3,0 milhões de toneladas a mais que no ano passado. Ao todo, 228.233 caminhões passaram por Antonina e Paranaguá.

Shiploader descarrega soja em navio atracado no Porto de Paranaguá. Foto de Ivan Bueno.

Levantamento realizado pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), mostra que os portos paranaenses nunca exportaram tanta soja como no primeiro semestre deste ano. Foram 6,7 milhões de toneladas entre janeiro a junho.

Comparativamente ao ano passado, o aumento foi de 4%. Entre janeiro e junho de 2016, os portos locais exportaram a soma de 6,4 milhões de toneladas do grão.

Em nota, o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, destaca duas questões que explicam esse resultado. Um deles se deve a superstara do grão ocorrida no Paraná outra, às condições de infraestrutura e escoamento das estradas e dos portos locais.

Reconhecido como celeiro do Brasil, o Paraná colheu, neste ano, 3,0 milhões a mais de soja em seus campos, comparativamente ao ano passado. Foram 16,5 milhões de toneladas ao longo do primeiro semestre de 2016 contra 19,5 milhões de toneladas neste ano.

Desde 2011, os portos de Paranaguá e Antonina já receberam aportes superiores a R$ 620 milhões e a produtividade subiu 33% no período. Entre as inovações e modernizações empreendidas estão as reformas do cais, troca de equipamentos antigos, dragagens, e automação de processos.

Exemplo desses investimentos é a ampliação da capacidade de descarga de caminhões. O Porto de Paranaguá acaba de inaugurar dois tombadores no silo público e passou a ter capacidade de recebimento de 700 caminhões por dia. Antes a capacidade atendia apenas 400 caminhões diariamente.

Segundo a APPA, neste ano, o Pátio de Triagem de Caminhões do Porto de Paranaguá recebeu 228.233 caminhões. O número corresponde a 4.565 veículos a mais que o número registrado no mesmo período do ano passado.

 

Navio carregado de soja em Paranaguá. Junto com Antonina, portos locais embarcaram 19,5 milhões de toneladas do grão. Foto de Ivan Bueno.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: