Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

PSA Peugeot Citroën apresenta tecnologia inédita no Rio

A PSA Peugeot Citroën realizou nesta quarta-feira, 13 de junho, no Rio de Janeiro, a première mundial da união da tecnologia híbrida diesel HYbrid4 com biodiesel 100% brasileiro. A consolidação das duas tecnologias se reflete na emissão de apenas 75g de CO2/km.

A PSA Peugeot Citroën realizou nesta quarta-feira, 13 de junho, no Rio de Janeiro, a première mundial da união da tecnologia híbrida diesel HYbrid4 com biodiesel 100% brasileiro. A consolidação das duas tecnologias se reflete na emissão de apenas 75g de CO2/km.

Foram apresentados os modelos Peugeot 3008 HYbrid4 e Citroën DS5 HYbrid4, que já são comercializados na Europa, mas são mostrados pela primeira vez em solo brasileiro, e já estão rodando abastecidos de maneira inédita com o biodiesel B30, desenvolvido como parte do Projeto Biodiesel Brasil, uma parceria entre a PSA Peugeot Citroën e o Ladetel (Laboratório de Desenvolvimento de Tecnologias Limpas), da Universidade de São Paulo. 

Após esta apresentação no Rio de Janeiro, os carros híbridos diesel serão integrados à frota de veículos das marcas Peugeot e Citroën utilizada nos testes da Fase III do Projeto Biodiesel Brasil e participarão também dos testes de viabilidade do biodiesel B100 (100% bio). O Grupo PSA está investindo R$ 1,5 milhão nesta fase do projeto até 2013.

No projeto, especialistas do Latin America Tech Center – o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Design do Grupo PSA na região, com sede no Brasil – pesquisam soluções para um futuro mais sustentável para a mobilidade. 

“Nossas equipes locais estão se tornando referência dentro do Grupo PSA em dois campos onde o Brasil tem muito potencial: Materiais Verdes e Biocombustíveis. A inclusão dos carros híbridos enriquecerá ainda mais as nossas pesquisas com o biodiesel brasileiro”, disse em nota o presidente Brasil e América Latina da PSA Peugeot Citroën, Carlos Gomes.

Como funciona

Segundo a PSA Peugeot Citroën, a utilização de biodiesel, em uma mistura B30 (composto por 30% de biodiesel e 70% de diesel comum) torna ainda mais eficiente o já reduzido nível de emissões de CO2 dos carros HYbrid4.

Eles chegam a apresentar emissões de apenas 75g de CO2/km rodando com o biodiesel brasileiro, contra 99g com diesel normal.

Como base de comparação, o carro brasileiro com o nível de emissões mais eficiente atinge aproximadamente 100g de CO2/km, isso pesando cerca de 800 kg, equipado com motor 1.0 flexfuel com menos de 70 cv de potência e sem equipamentos de conforto, como direção hidráulica e ar condicionado.

Já o Peugeot 3008 HYbrid4 e o DS5 HYbrid4 são mais eficientes, mesmo pesando 1.660 kg, desenvolvendo 200 cv de potência – somados o desempenho dos motores a diesel e elétrico – e ainda repletos de equipamentos de conforto, requinte e segurança, como ar condicionado bizone digital, direção elétrica, seis airbags, GPS, sistema de som com entrada USB, entre outros. Isso sem alterar a impressionante média de consumo do HYbrid4: 26,3 km/l.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: