Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Titan ajusta receitas para US$ 2,7 bilhões em 2014

A Titan International, uma das maiores empresa produtoras de pneus para os segmentos agrícola e OTR (construção civil e mineração), reprogramou suas metas de receitas para 2014, de US$ 2,4 bilhões para US$ 2,7 bilhões.

A Titan International, uma das maiores empresa produtoras de pneus para os segmentos agrícola e OTR (construção civil e mineração),  reprogramou suas metas de receitas para 2014, de US$ 2,4 bilhões para US$ 2,7 bilhões.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 25, pelo presidente e CEO da Titan, Maurice M.Taylor, que elevou de US$ 240 milhões para US$ 270 milhões a meta de EBITDA. Segundo o executivo, os números foram baseados em custos de matérias primas estáveis em 2014.

“Hoje a Titan opera em quatro aquisições que representam receitas de US$ 500 milhões”, disse o executivo em nota ao mercado.

Segundo ele, a corporação se mantém otimista em relação às novas oportunidades de mercado, em especial ao processo de pirólise (reciclagem e queima de pneus voltados para pneus inservíveis) junto ao segmento de mineração.

“Esse negócio é perfeito para a divisão Titan Mining Services que já atua fortemente junto a fornecedores do Canadá, mas cujas atuações deverão ser acentuadas no Chile e na Austrália”, disse.

Nas contas do executivo, o processo de reciclagem pode resultar, em um pneu de 63 polegadas, na conversão de 500 litros de óleo, além de gerar créditos em carbono. “O óleo recuperado – mais o negro de fumo e aço – reciclado pode gerar biocombustível para a confecção de produtos verdes voltados para o próprio setor de mineração”, disse.

“Estamos entusiasmados com oportunidades desse processo, seja em lucros, seja na consolidação de produtos verdes”, afirmou o presidente e CEO da Titan.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: