UPS oferece serviço multimodal que otimiza custos da cadeia de suprimentos

Economia é de até 65% frente ao transporte aéreo e de até 45% em trânsito marítimo

Uma economia de até 65% frente ao transporte aéreo e de até 45% em trânsito marítimo. Esses são os ganhos prometidos pela UPS com a expansão do serviço ferroviário entre a China e a Europa, destaca informe da empresa nesta segunda-feira, 12.

Segundo a UPS, o serviço ferroviário multimodal Preferred full e Less-than-container load (FCL e LCL) entre a Europa e a China passa a contar com seis novas estações naquela que é considerada a maior faixa de trânsito de trânsito comercial do mundo.

O serviço ferroviário multimodal entre a Europa e a China passa a contar com seis novas estações

“As estações de Changsha, Chongqing, Suzhou e Wuhan na China vão se juntar às que já integravam a operação: Zhengzhou e Chengdu. Na Europa, as paradas de Duisburgo, na Alemanha, e Varsóvia, na Polônia, somam-se às de Lodz, na Polônia, e de Hamburgo, na Alemanha”, destaca o informe.

Cindy Miller, presidente da UPS Global Freight Forwarding, destaca que o novo serviço ferroviário multimodal pode gerar “uma economia de até 65% em relação ao serviço aéreo e melhorar o tempo de trânsito em 40%, quando comparado com o serviço tradicional marítimo”,

A operação vai reduzir custos da cadeia de suprimentos e permitir maior equilíbrio na relação custo e tempo em trânsito.

O serviço ferroviário UPS China-Europa oferece os seguintes recursos:

A Oferta Completa de Serviços (FCL e LCL) com movimentos para ambas as direções.

  • Segurança: monitoramento de TV em circuito fechado durante a transição do comboio, gestão de selo, alarmes e rastreamento opcional por GPS.
  • Controle de Temperatura: Os revestimentos térmicos, tampas de paletes e recipientes movidos a diesel (aquecidos) são opções disponíveis projetadas para proteger cargas mais sensíveis.
  • Despacho Aduaneiro Simplificado: Autorizações aduaneiras limitadas à China e países europeus de importação/exportação. Os sistemas UPSTM estão eletronicamente ligados às autoridades aduaneiras, reduzindo o risco de erros e acelerando os processos de autorização.
  • Sustentabilidade: O serviço ferroviário emite 25 vezes menos CO2 do que o serviço aéreo. Também emite significativamente menos óxido de nitrogénio, hidrocarboneto não-metano e dióxido de enxofre do que o transporte marítimo.
  • Visibilidade de ponta a ponta: O FlexTM Global View permite a visibilidade do estado do envio e dos pontos críticos à medida que eles ocorrem.

Para mais informações, acesse: no site ups.com® e blog corporativo longitudes.ups.com.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: