Volvo bate recorde de vendas no Brasil

Foram 20.731 unidades vendidas, referendando um salto de 30,6% ante as 15.878 unidades comercializadas no ano anterior e quase o dobro da média de expansão do mercado, que foi de 18,8% no ano passado.

release110214a (700x467)O binômio safra agrícola e financiamentos atrativos propiciados pelo PSI BNDES, acrescido ao lançamento de novos caminhões e serviços, garantiu para a Volvo recorde histórico de vendas no Brasil em 2013.

Após a divulgação dos números de balanço, pela matriz, a filial brasileira reportou seus números nesta terça-feira, 11, e são superlativos.

Foram 20.731 unidades vendidas, referendando um salto de 30,6% ante as 15.878 unidades comercializadas no ano anterior e quase o dobro da média de expansão do mercado, que foi de 18,8% no ano passado.

“Temos o melhor portfólio de veículos comerciais do País”, destaca em nota o presidente do Grupo Volvo América Latina, Roger Alm, ao destacar a alta produtividade dos caminhões da marca, além de seu baixo consumo de combustível, fatores que asseguram maior rentabilidade aos frotistas e transportadores que apostam na marca.

 release110214d (700x467)Em números, de cada cinco caminhões comercializados nos segmentos de pesados e semipesados no mercado nacional em 2013, um foi da Volvo, aponta o diretor comercial de vendas e de marketing de caminhões Volvo no Brasil, Bernardo Fedalto, ao destacar a linha de semipesados VM como a grande responsável pelo desempenho superlativo da empresa.

Em 2013, foram emplacados 5.752 VMs, número que representa aumento de 23,9% sobre as 4.643 unidades vendidas em 2012. “Atingimos um market share inédito de 12% no segmento de semipesados. O VM conquistou o transportador”, diz o executivo, lembrando que no ano anterior o VM tinha 10,1% do mercado nesta categoria.

No Brasil e na América Latina

Mas a força da Volvo não ficou restrita apenas ao mercado brasileiro no ano passado. A somatória de vendas das marcas Volvo, Mack, Renault e UD resultou na entrega de 29.518 unidades no ano passado, um número que reflete aumento de 25% sobre as 23.589 unidades comercializadas no ano anterior.

Na Argentina, foram emplacados 1.607 caminhões (Volvo e Renault), uma expansão de 7,8% na comparação com 2012. No Peru, onde a Volvo é líder no segmento de pesados, a marca registrou 20,1% de market share.

No Chile, o grupo comercializou 1.551 veículos pesados Volvo, Mack e Renault, aumentando seu market share para 26,1%, isto é, mais de um quarto do mercado local.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: