Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Pneus de caminhões puxam resultados da balança comercial

A indústria brasileira de pneus já realizou vendas externas de US$ 242,3 milhões em pneus de caminhões e ônibus neste ano, e comprou do exterior a soma de US$ 197,8 milhões em pneus, com saldo positivo de US$ 44,5 milhões.

A indústria brasileira de pneus já realizou vendas externas de US$ 242,3 milhões em pneus de caminhões e ônibus neste ano, e comprou do exterior a soma de US$ 197,8 milhões em pneus, com saldo positivo de US$ 44,5 milhões. 

Em que pese ser um dos segmentos mais ativos da pauta comercia de pneus do País, o mais rentável em 2012 foi o de pneus para construção (NCM 40116390 – Espinha de Peixe), com vendas externas de US$ 58,1 milhões no ano, ante importações de apenas US$ 6,4 milhões (saldo de US$ 51,7 milhões).  

Um dos segmentos que representa grande desafio ao setor, o de pneus para veículos de passeio, as contas na série dos cinco primeiros meses de 2012 são positivas (exportações de US$ 216,9 milhões ante importações de US$ 209,3 milhões), mas o saldo, especificamente no mês de maio, foi deficitário em US$ 5,9 milhões.

Outros segmentos extremamente rentáveis na pauta das exportações são os de bandas de rodagem (saldo de US$ 52,4 milhões), pneus para construção – no NCM 40119490 (saldo de US$ 33,2 milhões) e pneus para motocicletas (saldo de US$ 27,6 milhões). 

O Brasil perde de lavada mesmo é no segmento de dumpers. Aqui somos importadores líquidos para esse tipo de pneu, com importações de US$ 30,6 milhões.

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: