Índia aplica lei anti-dumping contra pneus da China e Tailândia. Medida vale até 2017

Não é só o Brasil que está pegando pesado com a importação de pneus oriundos de países asiáticos. A própria Índia referendou restrições anti-dumping contra pneus importados da China e Tailândia nesta semana.

Não é só o Brasil que está pegando pesado com a importação de pneus oriundos de países asiáticos. A própria Índia referendou restrições anti-dumping contra pneus importados da China e Tailândia nesta semana. 

Em 08 de abril deste ano o governo indiano adotou medidas de proteção por dumping sobre os pneus importados desses dois países. Essa medida teria duração de apenas seis meses e seria revista agora, em 08 de outubro. 

E o governo indiano reviu: a expectativa era de extinção do processo por dumping, mas o governo daquele país decidiu por outra via. Ampliou o processo por dumping por cinco anos. Ou seja, as sanções indianas contra os pneus da China e Tailândia serão válidas até 2017. 

Os pneus tailandeses que entrarem na Índia hoje vão pegar um pedágio de US$ 0,86 por quilo. Já os pneus chineses pagarão taxa adicional de US$ 1,31 por quilo. 

Uma condição especial foi dada para a Hangzhou Zhongce Rubber, a maior empresa produtora de pneus da China: o pedágio para ela será de US$ 1,12 por quilo, caso queira vendê-los na Índia.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: