Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Renault desmobiliza Europa e foca Brasil, Rússia e China

Atenção indústria de pneus, a crise na Europa está mudando o eixo estratégico de importantes montadoras de veículos globais e o Brasil está na tela do radar.

Atenção indústria de pneus, a crise na Europa está mudando o eixo estratégico de importantes montadoras de veículos globais e o Brasil está na tela do radar. 

É o que mostra a Renault. A empresa francesa pretende vender 50% de todos os carros que produz fora da Europa em 2013. Hoje esse patamar já é de 48%. 

É a velha lógica de nunca carregar os ovos em uma única cesta. A decisão estratégica da empresa foi relatada pelo diretor de operações, Carlos Tavares, durante conferência de imprensa realizada em Seul, capital da Coreia do Sul. 

A fragilidade da economia europeia é tamanha que a Renault já enfrenta recuo de 13% nas vendas neste ano. Rússia, China e Brasil serão os grandes mercados a serem contemplados por esse descolamento da crise na Europa, fato extremamente positivo para o mercado de equipamentos originais e de reposição de pneus no Brasil. 

Aqui, a marca quer 8% do mercado brasileiro. Hoje detém 6,3%. 

No último relatório de vendas divulgado pela marca, o Brasil já é hoje o segundo maior mercado da Renault no mundo. 

De janeiro a maio a empresa francesa já vendeu 248.200 unidades nos mercados globais onde atua. Desse total, o Brasil ficou com 86.289 unidades, a Rússia com 75.220 unidades, a Alemanha (72.764 unidades) e a Argentina (53.780 unidades).

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: