Venda de pneus OE p/caminhão e ônibus cai 29% no Brasil

Se no segmento de veículos de passeio e comerciais leves o Brasil destaca-se como um dos mais promissores para a Michelin – em setembro e no acumulado do ano -, já no setor de pneus para caminhões e ônibus o mercado nacional vem despontando como um dos piores, ao lado da América do Norte.

Se no segmento de veículos de passeio e comerciais leves o Brasil destaca-se como um dos mais promissores para a Michelin – em setembro e no acumulado do ano -, já no setor de pneus para caminhões e ônibus o mercado nacional vem despontando como um dos piores, ao lado da América do Norte.

É o que se pode ver nas estimativas alinhavadas por 19 instituições financeiras com base em perspectivas e tendências de mercado sobre a Michelin.

Os números mostram que as vendas de pneus OE de caminhões e ônibus no Brasil apresentaram baixa de 29% em setembro ante recuo de 17% na América do Norte e 9% na Europa.

No segmento de reposição, as quedas foram de 1% no Brasil, 5% na América do Norte e de 4% na Europa.

No período de janeiro a setembro, as instituições de mercado destacam que as vendas de equipamentos originais cederam 33% no Brasil, ante recuo de 3% na Europa. Na América do Norte a Michelin teria vendido 9% mais nos primeiros sete meses de 2012 ante o mesmo período do ano passado.

o segmento de reposição, as vendas caíram 19% na Europa, 3% na América do Norte e 4% no Brasil.

Observação: os dados constam no site da Michelin francesa e a empresa deixa claro que os números acima são ponderações médias obtidas a partir da análise feita pelos departamentos de economia de 19 bancos e corretoras que fazem acompanhamento sistemático da Michelin. Os dados foram atualizados em 15 de outubro.

Destaques

%d blogueiros gostam disto: