Transportepress.com
Portal de notícias sobre transporte.

Goodyear: EUA ajuda, mas América Latina garante lucro

A margem operacional da Goodyear na América Latina foi recorde: 16,9% ou um salto de 7,5 pontos percentuais ante o mesmo período do ano passado, que era de 9,4%. No ano, a região já gerou lucro operacional de US$ 231 milhões, ou 42,6% acima do apurado nos primeiros nove meses de 2012, de US$ 162 milhões. Esse resultado é o mais expressivo entre todas as demais regiões de atuação da empresa no mundo.

A Goodyear Tire & Rubber Company fechou o terceiro fiscal com vendas totais de US$ 5,002 bilhões na soma das regiões globais de atuação, um resultado que veio 4,98% menor frente aos US$ 5,264 bilhões apurados no mesmo período do ano passado.

De janeiro  a setembro de 2013, ante o mesmo período do ano passado, as vendas apresentam queda de 7,51%, para US$ 14,749 bilhões em 2013, ante US$ 15,947 bilhões sobre a mesma base de comparação de 2012.

Esses dados foram apresentados nesta terça-feira, 29, durante a divulgação dos resultados financeiros da empresa produtora de pneus norte-americana, em Akron (Ohio), e referendam ganhos em receitas de vendas nos mercados da Europa, Oriente Médio e África, com receitas de US$ 1,752 bilhão, alta de 0,23% e América Latina, de US$ 527 milhões (alta de 1,35%).

Na América do Norte e Ásia as receitas de vendas cederam em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Foram de US$ 2,186 bilhões na América do Norte (recuo de 9,07%) e de US$ 537 milhões na Ásia, o que reflete baixa de 9,29%.

No acumulado do ano – janeiro a setembro de 2013 – a Goodyear apresentou vendas totais de US$ 14,749 bilhões (recuo de 7,51% ante as vendas acumuladas no mesmo período de 2012, de US$ 15,947 bilhões). No período a empresa vendeu 121,6 milhões de pneus ao redor do mundo, ou 1,94% menos que as 124 milhões de unidades no mesmo período do ano passado.

Especificamente no terceiro trimestre fiscal de 2013 as vendas unitárias de pneus somaram 42,6 milhões de unidades ante 41,8 milhões de unidades no terceiro trimestre fiscal de 2012, portanto, um ganho de 1,91%.

Por regiões

A América do Norte é o maior mercado da Goodyear. Canadá, Estados Unidos e México deram à empresa uma receita de vendas da ordem de US$ 2,186 bilhões no terceiro trimestre, um resultado abaixo dos US$ 2,404 bilhões em igual período do ano passado.

Nesses mercados as vendas unitárias de pneus foram de 15,8 milhões de unidades no 3T2013 ante 15,6 milhões de unidades no 3T2012. Em que pesem os números abaixo do esperado, a empresa contabilizou um lucro operacional significativamente maior, de US$ 161 milhões no 3T2013 ante US$ 130 milhões no 3T2012 – um salto de 23,9%. A margem operacional também cresceu: saiu de 5,4% no terceiro trimestre do ano passado para 7,4% neste trimestre.

No acumulado do ano a Goodyear já vendeu 45,4 milhões de pneus na região do Nafta (-2,99% menos que no mesmo período do ano passado) e apurou receitas totais de US$ 6,553 bilhões (-10,87% menos que os US$ 7,352 bilhões entre janeiro e setembro do ano passado).

Em que pese à posição de desestruturação de ativos da Goodyear nos mercados da Europa, Oriente Médio e África, essas regiões compõem o segundo maior mercado do mundo para a empresa. Ali as receitas de vendas subiram no trimestre, para US$ 1,752 bilhão (haviam sido de US$ 1,748 bilhão no 3T2012) e as vendas unitárias de pneus saltaram de 16,3 milhões de unidades para 16,7 milhões de unidades.

O lucro operacional gerado na região somou US$ 115 milhões, acima dos US$ 105 milhões apurados no mesmo período do ano passado, com a margem operacional subindo de 6,0% para 6,6%.

Os mercados da Ásia e Pacífico posicionam-se como terceiro maior mercado da Goodyear, com vendas totais de US$ 537 milhões no terceiro trimestre de 2013 e de US$ 1,689 bilhão nos primeiros nove meses do ano. Os dois resultados vieram abaixo dos apurados sobre as mesmas bases de comparação de 2012, de US$ 592 milhões no terceiro trimestre de 2012 e de US$ 1,769 bilhão nos primeiros nove meses do ano passado.

A margem operacional da Goodyear na região é de 12,3% no 3T2013, um salto expressivo sobre os 10,8% em igual período do ano passado. Essa margem só é inferior à praticada nos mercados da América Latina: 16,9% no encerramento do 3T2013.

Por falar em América Latina, foi, ao lado da Europa, Oriente Médio e África, o único mercado com vendas em alta no terceiro trimestre: US$ 527 milhões (+1,34% sobre o 3T2012) para um lucro operacional de US$ 89 milhões (+81,6% ante os US$ 49 milhões apurados no 3T2012) e vendas unitárias de 4,5 milhões de pneus (-4,26% ante o mesmo período do ano passado).

Como mencionado, a margem operacional da Goodyear na América Latina foi recorde: 16,9% ou um salto de 7,5 pontos percentuais ante o mesmo período do ano passado, que era de 9,4%.

No ano, a região já gerou lucro operacional de US$ 231 milhões, ou 42,6% acima do apurado nos primeiros nove meses de 2012, de US$ 162 milhões. Esse resultado é o mais expressivo entre todas as demais regiões de atuação da empresa no mundo.

 

Destaques
error: Conteúdo protegido.
%d blogueiros gostam disto: